quarta-feira, 27 de julho de 2011

Farmacoeconomia: Profissão do Futuro?

Desde a primeira vez que entrei em contato com o termo e profissão “Farmacoeconomia”, ouço dizer que é uma profissão do futuro (vide meu primeiro post). Isso já faz 5 anos, mas me pergunto se é verdade. Posso dizer que foi um tanto quanto difícil encontrar uma vaga para um recém-formado como eu, mas vi no mercado, nestes últimos 3 anos, várias vagas abrindo para gerentes e coordenadores, principalmente na indústria farmacêutica.
Uma vez estagiário, foi um tanto quanto complicado entrar nesse mercado. A primeira barreira foi ingressar na área. O ano era 2009 e eu havia acabado de ingressar na empresa sanofi-aventis na área de Assuntos Regulatórios, sob a direção da Solange Dallana, diretora da área de Relações Institucionais. Após um período na área de Assuntos Regulatórios e um pedido meu, minha diretora (a quem agradeço até hoje) aprovou minha mudança para a área, sob a tutela de um grande conhecido no meio “Farmacoeconômico”, Dr. Wilson Follador. Paralelamente, tive a sensacional experiência na área de Acesso a Mercados e Pricing. E eis que começou minha vida nessa carreira tão desconhecida e ao mesmo tempo com grande potencial.
Desde então passei pela Bristol-Myers Squibb e recentemente iniciei na empresa Evidências, empresa com grande prestígio no meio da indústria farmacêutica, governamental e de planos de saúde, sob a tutela do Dr. Otávio ClarkEis que rompi a segunda barreira e consegui sair do nível de estagiário.

Independente da resposta se a “Farmacoeconomia” será a profissão do futuro, gostaria de compartilhar a reportagem que saiu na revista Veja do fim de Junho deste ano, da qual havia a reportagem sobre as 10 Profissões do Futuro. Lá estão listados duas áreas que adorei trabalhar, Biotecnologia e Nanotecnologia, e duas áreas que estão totalmente relacionadas à este blog, Gerenciamente de Doenças Crônicas e claro, Farmacoeconomia.



Ah, já aviso de antemão que aquele salário inicial descrito pela revista está longe do que se 
pratica no mercado, inclusive está longe de ser o meu salário, mas quem sabe um dia!


3 comentários:

  1. Bela iniciativa, So! Sou sua fã e vc sabe q isso é verdade!! Boa sorte no blog ! Bjão!! Ti

    ResponderExcluir
  2. Da hora Alvaro!!

    Abração!
    (olha so li sem nem saber que era vc hein...hehehe mas gostei! Parabens!)

    Helder Basques (eu mesmo que trabalhei com vc la no LABMAD)

    ResponderExcluir
  3. primeiramente parabéns pelo blog! tenho uma pergunta, como seria o perfil do profissional de farmacoeconomia? muito obrigada!

    ResponderExcluir